Projeto da USP/São Carlos com IComp/UFAM vai receber bolsa de pesquisa Google

 

 

O Google anunciou na semana passada os ganhadores da edição de 2016 do programa de Bolsas de Pesquisa Google para a América Latina. A empresa recebeu um total de 473 pedidos de financiamento, de 13 países, e selecionou 24 pesquisas para financiar. O anúncio foi feito durante um evento no Centro de Engenharia do Google em Belo Horizonte.

 

Entre os trabalhos escolhidos está a pesquisa “Modelos de Ruídos para Melhorar Técnicas de Digitação Ininterrupta com os Olhos”, de Maria da Graça Campos Pimentel e Raíza Hanada, da Universidade de São Paulo (São Carlos), Brasil. Esta pesquisa visa possibilitar que pessoas "digitem" no computador com os olhos.

 

Raíza Hanada é aluna egressa do Instituto de Computação da Universidade Federal do Amazonas (IComp/UFAM) e o projeto selecionado tem colaboração direta do instituto. “Este projeto engloba o doutorado da Raíza e o mestrado do Fernando Anglada, do IComp. A colaboração envolve pesquisadores nas áreas de Interface Humano-Computador (professores Maria da Graça Pimentel da USP e Khai Truong, da Universidade de Toronto) e Aprendizagem de Máquina (Marco Cristo e Fernando Anglada, do IComp)”, explica o professor da UFAM, Marco Cristo.

 

A pesquisa

 

Intitulada "Modelos de Ruídos para Melhorar Técnicas de Digitação Ininterrupta com os Olhos", a pesquisa espera melhorar as ferramentas de entrada de texto baseadas no olhar usados por pessoas com deficiências motoras como a Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). A modelagem dos ruídos característicos deste processo vai permitir que o usuário se comunique mais rápido com o computador sem cansar tanto os seus olhos.