Deutschland online bookmaker http://artbetting.de/bet365/ 100% Bonus.

Download Template Joomla 3.0 free theme.

Dúvidas Frequentes (FAQ)

Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)

1. Posso aproveitar um artigo como TCC?

R. Sim, mas a forma de aproveitamento será diferente a depender do tipo de artigo. Em ambos os casos, o estudante deverá ser o primeiro autor do artigo e a publicação deverá ser na área de Computação.

A) Periódico. Neste caso, o estudante poderá solicitar aproveitamento de estudos, como se fosse uma disciplina cursada em outra universidade. A solicitação será encaminhada à Proeg e o discente receberá os créditos do TCC em seu histórico. Não é necessário se matricular na disciplina, nem apresentar o trabalho. Este procedimento está previsto no § 4º do Art. 10 da RESOLUÇÃO Nº 021/2007/CONSEPE.

B) Conferência. Neste caso, o estudante deverá se matricular na disciplina de TCC. Em seguida, deverá informar e comprovar ao Coordenador de TCC que tem artigo publicado (ou aceito) para uma conferência na área de Computação. O discente não precisará entregar uma monografia, pois consideramos que seu artigo foi aceito por um corpo editorial competente. Entretanto, deverá apresentar seu artigo a uma banca durante o Workshop de TCC no final do período letivo. Se esses passos forem seguidos, o coordenador do TCC lançará nota 10 no boletim escolar. Este procedimento está previsto no Projeto Pedagógico dos cursos de graduação em Computação sob responsabilidade do IComp.

2. Posso aproveitar Estágio ou PIBIC como TCC?

R. Não. Você tem de se matricular na disciplina e precisa entregar uma monografia. No entanto, o tema da sua monografia pode ser uma versão estendida do relatório de estágio ou de PIBIC. Você terá que cumprir todas as etapas do TCC. Nada garante que sua nota seja 10 e você terá de fazer uma boa monografia para tirar uma boa nota. A única vantagem é que você não precisa trabalhar em um assunto novo, mas apenas formatar seu trabalho já existente em monografia.

3. Ainda tenho dúvidas sobre TCC. A opinião pessoal do meu colega que tem muitos anos de Ufam é uma fonte de informação confiável?

R. Não. Consulte as normas no site do IComp, ou procure o coordenador do seu curso.

Descrição e Normas

O que é?

O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é um requisito curricular necessário para a obtenção do grau de Bacharel em Ciência da Computação (versão 2012) e Bacharel em Sistemas de Informação. No antigo currículo do curso de Ciência da Computação, as disciplinas de Projeto Final I (PF1) e Projeto Final II (PF2) são equivalentes ao TCC.

Objetivos

  • Promover a integração entre teoria e prática.
  • Fortalecer a consolidação, em torno de um projeto, do conteúdo de diversas disciplinas adquiridos durante o curso.
  • Desenvolver no aluno as habilidades de apresentação oral de ideias, e de redação de textos técnicos de forma clara, concisa e objetiva.

Carga Horária

O TCC tem carga horária de 150 (cento e cinquenta horas), as quais devem ser cumpridas em um período letivo.

Os PF1 e PF2 têm carga horária de 150 (cento e cinquenta horas). Cada um deles deve ser cumprido em um período letivo.

Nenhum trabalho final de curso pode ser cumprido durante curso de férias, conforme Art. 6 da Resolução nº 069/2010-CEG/CONSEPE, que regulamenta o processo de oferta de disciplinas em períodos especiais.

Avaliação

O aluno de TCC receberá três notas ao longo da disciplina:

  • 1ª nota (P1): revisão bibliográfica.
  • 2ª nota (P2): resultados intermediários.
  • 3ª nota (PF): monografia e apresentação no Workshop.

A 3ª nota será dada pela média aritmética das notas atribuídas pelos avaliadores da banca de apresentação. A nota de cada avaliador será calculada pela soma das notas atribuídas aos seguintes critérios:

  • Documento escrito (nota de 0 a 7).
  • Apresentação oral (nota de 0 a 3).

A média final (MF) da disciplina de TCC será determinada pela seguinte fórmula:

MF = (P1 + P2 + 2 * PF) / 4

Aproveitamento de Artigo

  1. Se o aluno tiver um artigo publicado em periódico com corpo editorial (comitê revisor), então pode aproveitá-lo como TCC ou PF1/PF2 em uma das seguintes formas:
    1. Institucionalmente. Para tanto, deve-se preencher o formulário de Aproveitamento de Estudos – Atividades Institucionais, disponível no site da PROEG. Tal formulário deve ser entregue na secretaria do IComp na época estipulada pelo calendário acadêmico. A dispensa de créditos será lançada pela PROEG no histórico do aluno antes do término do período corrente. O aluno não precisa se matricular na disciplina (TCC, PF1 ou PF2).
    2. Ao longo da disciplina. Neste caso, o aluno deve se matricular na disciplina (TCC, PF1 ou PF2) e comprovar, junto ao Coordenador da disciplina, a publicação do artigo, nas duas primeiras semanas do período. Ao final do período, o professor lançará nota 10 (dez) no histórico do aluno, desde que este participe do Workshop de Monografias. Durante o Workshop, o aluno deverá apresentar os resultados do artigo publicado, no lugar de uma monografia.
  2. Se o aluno tiver um artigo publicado em anais de conferência com corpo editorial (comitê revisor), então pode aproveitá-lo como TCC ou PF1/PF2 apenas ao longo da disciplina (caso B acima).

Documentação. O aluno deverá apresentar os seguintes documentos para aproveitamento de artigo:
(1) Cópia do artigo completo
(2) Carta de aceite
(3) Relação dos membros do corpo editorial (comitê revisor) do periódico ou conferência.

Infográfico

Diagrama 

Estrutura da Monografia

O formato da monografia deve atender aos requisitos estabelecidos pelo Guia para Normalização de Relatórios Técnicos Científicos da UFAM, conforme aprovada pela Resolução Nº 043/2004 – CONSEPE.

Download do Modelo em formato DOCX para Monografia de Trabalho de Conclusão de Curso para os cursos coordenados pelo Instituo de Computação da Universidade Federal do Amazonas.

Download do Modelo em formato LaTeX para Monografia de Trabalho de Conclusão de Curso para os cursos coordenados pelo Instituo de Computação da Universidade Federal do Amazonas.

De modo geral, uma boa monografia de TCC deve ter a seguinte organização:

Página de rosto - inclui o título do projeto e o nome do autor. O nome do(a) professor(a) orientador(a) pode também aparecer.

  • Resumo - uma pequena descrição do conteúdo do relatório. Não deve ultrapassar meia página. Deve ser escrito de tal forma que alguém que não esteja familiarizado com o projeto possa ter uma ideia razoável sobre o assunto do trabalho.
  • Agradecimentos - é comum se registrar palavras de reconhecimento a todos aqueles que de uma forma ou de outra ofereceram alguma ajuda à concepção e/ou à elaboração do projeto.
  • Índice - relaciona os principais capítulos e (sub)seções do relatório. É aconselhável escolher os títulos de capítulos e seções de forma que eles sejam "autoexplicativos". Use espacejamento duplo. Se possível inclua o número das páginas que indicam onde começam cada capítulo ou seção. Procure evitar a inclusão de muitos níveis de subseção.
  • Introdução - trata-se de uma das partes mais importantes do documento. Deve começar com uma explicação bem clara do tópico e dos objetivos do projeto, de tal maneira que a natureza e a abrangência do trabalho possam ser facilmente entendidas por um leitor não-especialista. É aqui que deve aparecer uma descrição resumida do contexto específico no qual o projeto se insere, bem como de sua relevância para outros trabalhos relacionados. Além disso, é importante que se dê os apontadores para as seções que contêm o material técnico do trabalho.
  • Contexto - a seção de contexto deve situar o projeto procurando relacioná-lo com os outros trabalhos publicados na mesma área que fizeram parte da sua leitura inicial. Na verdade, a seção de contexto às vezes faz parte da seção de introdução, mas pode ser elaborada em um capítulo separado caso o projeto tenha envolvido tal quantidade de pesquisa que justifique. O material pesquisado pode incluir artigos científicos, livros, manuais, ou até mesmo software ou hardware com os quais o aluno tenha se envolvido diretamente no levantamento inicial do projeto. As fontes de inspiração para o trabalho podem e devem ser referenciadas. Não há nada de errado em fazer uso das ideias de terceiros, desde que se faça o devido crédito. É fundamental, no entanto, evitar o que se chama de plágio: se o trabalho de terceiro(s) está sendo utilizado no seu trabalho como se fosse seu, e não estão sendo citadas as fontes de informação, então está havendo desonestidade, o que é absolutamente condenável. Para citar trabalhos de terceiros, mencione as fontes onde os trabalhos são referenciados ou utilizados, em vez de simplesmente listá-los no final.
  • Corpo do relatório - a parte central do relatório normalmente consiste de três a quatro capítulos que vão detalhar o trabalho técnico desenvolvido durante o projeto. A estrutura de tais capítulos depende de cada projeto. Tipicamente os capítulos devem refletir o desenvolvimento cronológico do projeto, e.g. concepção, implementação, experimentação, otimização, embora este não seja sempre o melhor formato. Qualquer que seja sua escolha da forma de apresentar esta parte essencial do relatório, é preciso deixar bem claro como e por que o aluno chegou à alternativa escolhida em detrimento de outras alternativas mencionadas na seção de Contexto. Para projetos de implementação é preciso descrever e justificar as escolhas de concepção feitas na codificação do programa. E isso deve ser feito de forma razoavelmente clara, e de "alto nível", destacando alguma peculiaridade do(s) algoritmo(s) utilizado(s).
  • Conclusões e trabalhos futuros - um bom relatório deve concluir com uma avaliação objetiva tanto dos resultados positivos quanto dos negativos, apresentando sugestões de futuras direções para onde os resultados poderão ser melhorados e/ou utilizados na solução de outros problemas. É importante entender que não existe um projeto perfeito. Mesmo os melhores trabalhos têm suas limitações, e espera-se que o relatório inclua uma avaliação crítica do que foi de fato realizado. Os avaliadores vão certamente identificar as limitações do trabalho e espera-se que o relatório seja
  • objetivo e antecipe tal identificação.
  • Bibliografia - uma relação de todos os livros, artigos, manuais, etc., utilizados no projeto e mencionados no relatório. É preciso fornecer informação suficiente para permitir ao leitor encontrar a fonte. Inclua título completo e nome(s) do(s) autor(es), além da fonte bibliográfica onde o artigo foi publicado, incluindo número do volume, data, número das páginas, quando necessário. No caso de um livro texto é importante mencionar o nome da editora e o ano de publicação.
  • Apêndice(s) - os apêndices normalmente contêm informações até certo ponto "periféricas" ao corpo principal do relatório. Tipicamente, um apêndice inclui coisas como partes do código do programa, tabelas, demonstrações, gráficos ou qualquer outro material que provocaria uma quebra na sequência de apresentação do tema do texto caso aparecesse in situ.
  • Listagens completas de programas não devem, em princípio, fazer parte do relatório, a menos que o(a) professor(a) orientador(a) considere realmente indispensável.
  • Guia do Usuário - projetos que resultam em um pacote de software utilizável por um determinado público alvo, devem vir acompanhados de um guia de utilização com instruções de fácil entendimento.

Calendário 2016/01

Data Limite Quem Atividade
08/jun/2016 Aluno Escolher o tema e o Orientador, informando ao Coordenador do TCC via formulário (http://goo.gl/forms/bi1y7XKFjX).
08/jun/2016 Orientador e Aluno Estabelecer um plano de trabalho com metas a serem cumpridas durante a execução do TCC.
06/jul/2016 Aluno Entregar ao Orientador a revisão bibliográfica e outros resultados estabelecidos no plano de trabalho, se houver.
08/jul/2016 Orientador Informar 1ª nota parcial para Coordenador do TCC.
16/ago/2016 Aluno Entregar ao Orientador os resultados correspondentes às metas estabelecidas no plano de trabalho.
19/ago/2016 Orientador Informar 2ª nota parcial para Coordenador do TCC.
13/set/2016 Orientador Informar ao Coordenador do TCC o título da Monografia, resumo e o nome dos  componentes da banca de avaliação do trabalho.
13/set/2016 Aluno Entregar a monografia para o Orientador e Avaliador(es).
16/set/2016 Coordenador Divulgar a programação do Workshop de Monografias.
19 a 23/set/
2016
Todos Workshop de Monografias.
26/set/2016 Aluno Entregar ao Orientador a versão final da monografia, em formato digital.
27/set/2016 Orientador Informar nota de avaliação do TCC para Coordenador do TCC. Entregar a versão final da Monografia e da Apresentação, a fim de serem publicadas no site do IComp.
28/set/2016 Coordenador Lançar notas dos alunos no SIE.

 

 

You are here: Home Graduação Normas para TCC Descrição e Normas Ensino Trabalho de Conclusão de Curso