Sobre o Curso

O curso de Bacharelado em Sistemas de Informação é resultado de um processo de consolidação do ensino e pesquisa em Ciência da Computação no norte do país, estando em consonância com as diretrizes estabelecidas pelo Ministério da Educação, Cultura e Desporto - MEC, também atendendo à Nova lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira.

O curso reflete o trabalho pioneiro desenvolvido ao longo de diversos anos, dentro de um reconhecido padrão de qualidade profissional. 

Sistemas de Informação

Identificação do Curso

Aspectos Legais do Curso

A regulamentação do exercício das atividades profissionais relacionadas com a informática, a computação, sistemas de informação, processamento de dados e outras correlatas estão dispostos no Projeto Lei 7109 de 2006 que está em tramitação no Congresso Nacional. No Artigo 3 o desse Projeto Lei afirma que “Enquanto não for implantado o Conselho Federal e os Conselhos Regionais de Informação e Computação, os detentores de diplomas adquiridos na
forma desta lei, registrarão os mesmos em repartição do Ministério do Trabalho na forma regulamentar, além de igual procedimento na instituição universitária determinada pela lei”.
A profissão possui um código na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) registrada no Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), sendo que o Analista de Sistemas Computacionais tem o CBO igual a 2124, podendo ser classificado em:

Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o profissional destas categorias tem como responsabilidades:

Tempo de Integralização do Curso

Regime do Curso

Objetivos do Curso

A Universidade Federal do Amazonas entende que o comprometimento do homem com a sua região é fator preponderante no desenvolvimento social e tecnológico, desta forma visa à formação de profissionais na área de Computação e Informática para atuarem em pesquisa, gestão, desenvolvimento, uso e avaliação de tecnologias de informação aplicadas nas organizações. 

Para atingir este objetivo, o curso de Bacharelado em Sistemas de Informação deve propiciar formação básica sólida em Ciência da Computação, Matemática e Sistemas de Informação. Além disso, o curso deve propiciar formação tecnológica, formação complementar com ênfase no estudo das organizações, formação humanística e formação suplementar.


Objetivos Específicos:

Perfil do Egresso

O ingressante no Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação forma um grupo bastante heterogêneo proveniente do ensino médio cursado em escolas públicas, escolas particulares, cursos supletivos ou cursos técnicos. O perfil desejado do ingressante abrange as competências desenvolvidas no âmbito do ensino médio, com ênfase na capacidade para comunicação oral e escrita e alguma habilidade lógico-matemática para relacionar conhecimentos específicos. Estas características e habilidades são buscadas por meio de concurso vestibular, realizado anualmente com ingresso dos aprovados ocorrendo no primeiro semestre letivo de cada ano.
O papel do egresso na sociedade será o de agente transformador no mercado, capaz de provocar mudanças utilizando novas metodologias na solução dos problemas e viabilizando novos tipos de atividades. O bacharel em Sistemas de Informação terá um perfil caracterizado por:

Área de Atuação do Profissional

O Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação visa desenvolver um profissional comprometido com a aplicação das soluções nas organizações administrativas no que concerne aos problemas culturais, éticos e técnico-científicos, situados no estado da arte da ciência e tecnologia em computação, podendo o profissional atuar nos seguintes campos profissionais: 

Os centros de atuação mais evidentes na estrutura atual do mercado de trabalho são as organizações públicas e privadas, indústrias, os centros de pesquisa instalados na Amazônia, as Instituições de Ensino Superior (públicas e particulares), as empresas produtoras de software, os grupos financeiros, as empresas de consultoria, os centros de processamento de dados e os centros de informática. Sem contar a necessidade de profissionais para o ensino, tanto no nível médio quanto superior em computação.